Category Archives: Histórias

Ellie2

“Me despedindo deste amigo”

By | Histórias | No Comments

Elie Soffer – dono da HTC Modelismo – Hobby Trade Center – nascido no Cairo-Egito onde viveu até perto dos 10 anos quando a família mudou para o Brasil. Desde lá já era interessado por história e miniaturas onde buscava informações em livros e revistas que continham algumas miniaturas para montar.

Em seu novo país, como todo imigrante, teve que mostrar que era sempre melhor, pois como sempre dizia em conversas informais, “mesmo não sendo verbalizado, o preconceito podia ser sentido no olhar das pessoas”, então ele fez aquilo que sempre foi ensinado a fazer: trabalhar e estudar muito para poder vencer na vida, muitas vezes com sacrifícios que o corpo nos cobra mais tarde.

Cursou a Faculdade de Filosofia da USP se formando em História – Ciências Sociais e Teoria Politica em 1972 – Foi professor e elogiado por muitos alunos que tive a oportunidade de conhecer quando entravam na loja e relatavam que tiveram aulas com ele no Cursinho.

Mas ele tinha um sonho, transformar seu hobby em um negócio, e aí que eu entrei junto neste sonho que sempre foi o meu também. Pois desde que ele começou a fornecer modelos para a Kit Center, que foi a primeira loja que eu trabalhei, nós começamos a dividir este sonho, então depois que a loja fechou, continuei trabalhando em casa com a carteira de clientes da loja e o fornecimento dele por mais de um ano até ir gerenciar outra loja.

Mantivemos contato sempre e neste período já no início dos anos ’90 ele cogitou a ideia de abrir uma loja diferenciada, nos moldes daquelas que só víamos fora do Brasil e veio o convite pra participar deste projeto que foi inaugurado em Julho de 1993, em uma grande loja de 400m² no bairro nobre dos Jardins, na Alameda Itu. Ali surgiu a maior loja de plastimodelismo que o Brasil já teve, com ambientes divididos por setores de venda e como atendentes, tínhamos vendedores modelistas, que entendiam tudo sobre aquilo que estavam vendendo…

E o sonho de um menino se realiza e leva junto com ele o sonho de vários outros que por décadas foram incentivados e mantidos assim como sementes plantadas e regadas para que cresçam…

Foi muita luta e trabalho, sem férias, feriados ou folgas, trabalhando muitas vezes até de madrugada nos feriados de Natal pois já com 7 lojas sendo 5 de Shopping não tinha espaço para moleza e com o gênio forte que sempre lhe foi peculiar ele acabou cultivando muitas desavenças, sendo que eu fui uma destas, infelizmente.

Após muitas crises financeiras que nosso país nunca consegue resolver e sempre quem paga a conta sãos os trabalhadores e empresários que pagam os impostos, o baque forte veio em 1999 depois de mais planos de governo, e a minha historia junto ao sonho da HTC começou a se quebrar, dai para frente aquelas discussões costumeiras que nós sempre resolvíamos, começaram a se arrastar junto com os problemas que a empresa carregava com fechamento de unidades e dispensa de funcionários para tentar sobreviver… Até que chegou a minha vez neste pacote, e ai só sobraram as “farpas” e brigamos feio, cada um defendendo a sua visão do que era verdade…

Com o tempo aprendemos que não existe verdade absoluta e sim visões individuais de uma verdade equivocada onde a única coisa que importa pra todos nós é o aprendizado, e pra isto dependemos uns dos outros.

Depois de um grande desgosto da minha parte, me afastei do mundo do hobby por longos 13 anos e tive depressão após perder tudo o que achava que era sucesso e quase pensar em me matar por não aguentar tanta perda… Deus me segurou…

O tempo passou… A poeira abaixou… A vida mudou… Nós pudemos aprender com este tempo (mesmo sendo teimosos os dois).

Em meu retorno ao hobby em 2014, através da abertura da Oficina do Ralph, fiz uma visita a loja HTC da Rua Jaguaribe, tentando rever o Elie, mas como ele não estava, deixei uma carta com meu pedido formal de desculpas por tudo o que eu poderia ter feito que o tivesse prejudicado e magoado, mas que queria que soubesse que eu o tinha como uma das pessoas mais importantes na minha vida e que gostaria que soubesse disto, e que estaria a disposição dele para conversar quando ele quisesse… Só estou relatando isto agora pois só interessava a nós dois…

Não recebi um retorno imediato, mas em 2015 quando nos encontramos no Open do GPPSD no PAMA, pudemos nos cumprimentar e nos olhar, sem trocar palavras, mas com respeito e afeto, e espero que isto tenha acalmando o coração dele sobre aqueles problemas todos que passamos e que tudo tenha se dissolvido com o tempo.

Quiz dividir isto tudo com vocês pois acho importante que todos nós reflitamos em nossas vidas e não nos deixemos levar por coisas que não tem valor… Não podemos confundir coisas que tem preço com sentimentos que tem valor de vida… Perdemos oportunidades únicas de sermos realmente felizes por conta de um sentimento mesquinho, de acharmos que estamos certos por algo que é uma ilusão, pois nesta vida só aprendemos e a única oportunidade que temos de ser felizes é realizando sonhos….

Por isto meu amigo Elie, lhe sou muito grato em sua nobreza de dividir a realização do seu sonho comigo e com tantos outros que hoje tem uma grande historia pra contar e lembrar graças a você.

Você foi um guerreiro até o final, e como os grandes esportistas que sonham em ter o seu último suspiro fazendo aquilo que amam… você foi agraciado com esta benção divina de nos deixar enquanto trabalhava na sua loja, e mesmo triste com sua partida fico em paz com este sinal divino de que a sua missão foi cumprida com louvor, e isto me alivia.

Agradeço a todos que se dispuseram a ler tudo isto, mas é o mínimo que este homem merecia de minha parta pela importância que teve na minha vida…

Quero agradecer também meu irmão Fernando Rezende por levar minha mensagem a família na impossibilidade de comparecer nesta despedida.

– lehitra’ot – shalom

Ralph Zeppelini

Foto: Hélvio Romero/Estadão

Doações para o “Museu” da Miniatura

By | Histórias | No Comments

Hoje o registro aqui na Oficina do Ralph vai para esta “doação”

Ha alguns meses atras em meus acompanhamentos na internet pelos grupos de plastimodelismo, me chamou a atenção uma postagem onde a pessoa dizia se desfazer de toda a sua coleção de plastimodelos montados, e como isto para mim é uma questão muito importante eu entrei em contato com a pessoa para saber os motivos que o levaram a se desfazer de tudo…

Minha grande surpresa foi em saber que o gosto deste mais novo amigo era em montar os modelos pelo gosto do desafio, mas depois de montados eles ocupavam muito espaço e demandavam um cuidado grande para que não estragassem, então com o surgimento do grupo que criamos no Facebook para troca e venda de “sucatas”, acabamos incentivando o amigo a desprender dos modelos antigos e renovar sua coleção realizando novas montagens, mas agora focando no seguimento de aviação, como nos foi relatado.

Então fiz questão de ir conhecer esta pessoa e neste primeiro contato aproveitei a oportunidade para adquirir para o nosso projeto 3 modelos clássicos de grandes marcas da década de ’30, sendo uma Mercedes, um Cadillac e um Rolls Royce, (que aparecem na última foto), e quando expliquei para o amigo a minha intenção com estes modelos, em reforma-los para fazer parte do acervo de um Museu em Miniatura, toda aquela conversa comercial de venda e compra mudou da água pro vinho…

Comecei a explicar que o nosso projeto ainda não tem um nome definido e que usamos esta nomenclatura de “Museu” que fica mais fácil do cérebro humano assimilar a ideia original de contar historias e as guardar para não serem esquecidas…

Então nosso amigo se comprometeu a ajudar em nossa causa e disse que assim que finalizasse suas vendas tudo o que restasse seria destinado ao nosso projeto… E algumas semana depois eis que outro amigo me traz uma caixa cheia de kits endereçada ao “Museu” com uma pequena observação.: – Ralph, estes são os modelos que te prometi para o seu Museu, só peço que cuide de um modelo, a Lamborghini azul, pois este eu montei junto com minha esposa e foi um dos que mais detalhamos incluindo a pintura automotiva e se você achar que da para colocar na exposição do Museu então eu ficarei muito feliz… Quanto aos outros modelos você faça o que for melhor para o projeto, restaurar para expor ou vender para angariar fundos para outras prioridades…

-Caramba… Fique abobado e muito feliz com este grande presente e pensei comigo… Tenho que fazer algo especial para este amigo e por toda a confiança que esta depositando em nós… Então comecei a restaurar a restaurar aquela Lambirghini Diablo marca Italeri na escala 1/24 com pintura automotiva azul metálica que esta muito bem feita, e depois de alguns dias de trabalho o modelo esta em pé novamente e hoje tenho a honra de apresenta-lo a vocês nas fotos abaixo, junto com a historia do amigo que a doou ao nosso acervo…

– Meu nome é Fabio Nistico, na verdade comecei comprando e ganhando kits, aqueles que vinham em bags, em uma papelaria aqui perto de casa, eu com 10/12 anos, incentivado por meu avô, que fazia questão em colocar os modelos em sua estante. Montei até meus 25 anos, com mais de 150 modelos e retornei ao hobby ha 4 anos, quando já com 40 anos. Hoje tenho montados uns 100 modelos, fora alguns que me desfiz no seu grupo de vendas de “sucatas”. A paciência é uma das grandes virtudes que o hobby nos ensina e isto me ajuda muito em meu trabalho, onde sou conhecido pelos bons acabamentos que faço, então o detalhismo também é uma grande faceta que trazemos para o nosso dia a dia… Retornei ao hobby montando com minha esposa Juliana, que é minha grande incentivadora, e até pergunta porque não compro mais!!! Ajudo alguns hobbystas, e incentivo também alguns meninos a montarem ou presenteando com alguns modelos meus montados, então a integração familiar e social, mais o incentivo e apoio a novos desafios podem ser somados aos benefícios deste hobby… Agradeço pela oportunidade de participar deste projeto tendo no Museu da Miniatura minha breve historia guardada junto com uma peça doada com muito carinho a vocês… Ass. Fábio e Juliana…

Meu amigo… Estou sem palavras depois que li sua mensagem enviada a meu pedido para que eu pudesse fazer esta postagem, e acho que todos irão concordar comigo que depois disto não dava pra fazer uma simples postagem…

Então com vocês as fotos da doação que recebemos dos novos amigos e colaboradores do projeto “Museu da Miniatura”…

14224826_1811002679143343_8478291355871299322_n

14199553_1811002762476668_5039830228412093186_n

14238327_1811010489142562_962447791006438141_n

14237583_1811002942476650_8860867450630493379_n

– PS.: – Quem quer ser o próximo amigo a ser lembrado?

Ralph Zeppelini

1º Aniversário da Oficina e meu 52º Aniversário…

By | Histórias | No Comments

RALPHNIVER

Neste sábado foi um dia muito especial, pois além de comemorar meus 52 anos de idade, comemoramos o 1º ano de vida da nossa filha mais nova… A Oficina do Ralph

Eu (pai da Oficina) e a Lígia (mãe da Oficina) – Queremos agradecer a todos os amigos que estiveram com a gente pessoalmente, por ligações, mensagens, energia e pensamentos, e por todos aquele de de alguma forma tiveram sua participação neste primeiro ano de vida deste sonho que um dia eu tive e hoje é realidade pois vocês o fizeram ser o que é…

Após a manhã de preparativos e mudanças na casa, finalmente começamos a receber os amigos e como não poderia faltar, colocar a mão na massa… Ou melhor, nos kits… Isto mesmo, pois não é só de bolo que se faz um aniversário…kkkkk

Tenho que deixar o registro da minha felicidade em receber a visita da minha filha Mariana com o namorado Lucas, foi muito bom receber este presente.

Ai voltamos aos trabalhos de polimentos e colagens que nas fotos ficaram bem legais, para depois apagar as velinhas e atacar o bolo é claro…kkk

Quero agradecer por todas as mensagens que recebi e dizer que vou responder uma a uma pois vocês merecem isto pelo carinho que me dedicaram neste dia… Muito Obrigado de coração.

Ah! Podem conferir o album de fotos AQUI:

http://bit.ly/aniversariooficinadoralph

Um Beijo Plastimodelista a Todos…

Ralph Zeppelini

Reportagem do Okay Pessoal resgata laços na Oficina do Ralph!

By | Histórias | No Comments

Compartilhando minha alegria com os amigos da Oficina do Ralph, ao receber este vídeo… Realmente fiquei muito feliz quando o amigo Marco Antônio Peres Campos me enviou o link desta matéria e vi quem era o entrevistado do programa OKay Pessoal, tocado pelo apresentador e apaixonado por carros, o irreverente Otávio Mesquita…

Era nada menos que um dos caras que mais tive contato comercial e pessoal em minhas aventuras com produtos TOP de linha no mundo do modelismo nos anos ’90 e 2000… só pra dar um exemplo: por causa dele que eu fui o primeiro cara no Brasil a trazer um carro de Rádio Controle a combustão numa versão “DRAGSTER” em escala grande… E por ai vai…

Foram tantos os itens diferenciados, desde kits plásticos, de madeira, rádio controle, modelos prontos e réplicas originais com numeração limitada, fora os itens exclusivos de coleção que consegui em primeira mão para este querido amigo a quem devo muito do meu sucesso neste meio e de muitas coisas que consegui construir em minha vida pessoal… Estou falando de Thomas Abuhanian Júnior, empresario de sucesso do ramos de calçados.

Nesta matéria tive a satisfação de revê-lo, sendo que não tinha noticias dele por mais de 15 anos, claro que por conta da fase que me afastei do hobby, mas é uma das pessoas que aprendi a admirar, por sua simplicidade, humildade e honestidade, fora que é apaixonado por miniaturas…

Acompanhem agora a matéria onde são mostradas algumas peças incríveis da coleção de F-1 da marca inglesa Amalgam, realmente são peças só pra quem pode… Normalmente são vendidas montadas, mas nosso amigo conseguiu que sejam enviadas como kits pra que ele mesmo as montasse, todos em escala 1/8. Para quem não conhece vou deixar aqui o link da empresa: http://finemodelcars.com

Otávio e Thomas… Parabéns. Chorei largado…kkkkkk

Ralph Zeppelini